Comércio Eletrônico Móvel ou m-commerce

30 10 2008


Qualquer transação envolvendo valor monetário conduzida através de uma rede de tlecomunicações móvel é denomnada m-commerce, também conhecido como comércio eletrônico sem fio (Wireless Electronic Commerce). As transações B2B e B2C estão igualmente envolvidas no comércio eletrônico móvel, coma diferença do modo como é conduziada a transação.

A telefonica celular é extensivamente utilizada para comercializar produtos e serviços. Chamadas regulares por meio de telefone celular de uma pessoa para outra não são envolvidas no m-commerce.

O m-commerce é utilizado principalmente por três categorias:

  • Organizações voltadas à venda de produtos e serviços, tais como indústria, comércio, banco, etc.
    Exemplo: Um vendedor visita um supermercado e o comprador decidi comprar um lote em quantidade maior e que seja entregue num período menor de tempo. O vendedor, por meio de um celular pode entrar em contato com a empresa e seu sistema e ver se é possível tal compra e, caos positivo, reservar esse pedido.
  • Organizações voltadas à prestação de serviço, tais como serviços públicos, telefone, eletricidade, pronto socorro, água e esgoto, reparos e consertos, consultorias, táxis, etc.

Exemplo: Uma equipe de uma concessionária de energia elétrica enviada para resolver um problema de um poste de iluminação, ao deparar com a falta de algum material, pode entrar em contato através de um celular inteligente no sistema da empresa e fazer a requisição da peça.

  • Organização relacionada com a Logística, como transportadores, empresas de courier, despachantes aduaneiros. etc.

Exemplo: O agente de uma cooperativa de soja que precisa reservar cinco vagões para o carregamento da carga, pode entrar no sistema do transportador ferroviário e verificar a disponibilidade de vagões.

Finalizando, a demanda de uso do comércio eletrônico móvel ou m-commerce está bem abaixo da vista nas transações B2B e B2C. A vantagem deste tipo de comércio móvel, é justamente a mobilidade, gerando agilidade e confiabilidade no processo.

Recomendo a leitura do livro Logística e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição do autor Antonio Galvão Novaes.

Abraços!

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: